‘O Retorno de Ben’: Aaah, se amor de mãe fosse reabilitação…

Uma mãe é capaz de tudo pelo filho. Isso todo mundo sabe. Mas quando o assunto é o envolvimento desse filho no mundo das drogas, tudo fica mais sofrido, aflitivo, desesperador. Porém, dificilmente uma mãe pula do barco. Encara de frente o problema e não vê a hora de essa dor insuportável findar. Esse tema,…

‘Capitã Marvel’: Uma super-heroína que ganhou meu coração

Toda vez que estreia um filme de super-heróis no cinema, eu falo a mesma coisa: “Não é o meu estilo preferido”. Mas eu acabo vendo todos (tá bom, nem todos… Não dá pra assistir “Homem Formiga e a Vespa”, por exemplo). A verdade é que eu sigo todas as histórias, seja da Marvel, da DC…

‘Todos Já Sabem’: Família, segredos e mistérios, que combinação!

Não se assuste quando começar a ver “Todos Já Sabem”, filme do diretor iraniano Asghar Farhadi (ganhador de duas estatuetas do Oscar de melhor filme estrangeiro) e que continua em cartaz nos cinemas. São tantos personagens que são apresentados que você fica um pouco perdido. O trio Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín já…

‘Querido Menino’: Amor para preencher um buraco negro de dor

Ao terminar de ver “Querido Menino”, que estreia hoje nos cinemas da capital, não entendi por que o filme foi esnobado pelo Oscar 2019. O roteiro adaptado dos livros de David Sheff, “Beautiful Boy”, e Nic Sheff, “Cristal na Veia”, é preciso e profundo, as atuações dos atores são memoráveis e cativantes, a fotografia é…

‘Infiltrado na Klan’: Lugar de racista é em outra galáxia

Na semana passada, eu falei aqui, no Luiz, Câmera, Ação, sobre o meu preferido na categoria melhor filme do Oscar 2019: “Green Book: O Guia”. O longa tem uma temática bem direcionada de segregação racial – em que, na década de 60, um negro rico e talentoso contrata um sujeito branco e racista para trabalhar…

10 motivos para torcer para ‘Green Book’

Eu poderia te dar uns cem motivos para assistir ao filme “Green Book: O Guia”, que está em cartaz nos cinemas, mas não temos tempo pra isso nem tenho espaço por aqui. Porém, tenho a necessidade (e a obrigação) de passar pra você pelo menos umas dez justificativas para você ver esse que, pra mim,…

Laços de uma família nada convencional

Já pensou em assistir a um drama japonês? Pois eu fiz isso, vi na Netflix o filme “Assunto de Família” e te digo que valeu a pena, viu!? O longa – que ganhou a Palma de Ouro de Cannes no ano passado e foi um dos indicados ao Globo de Ouro e ao Oscar deste…

‘Roma’: Silencioso, simples, inocente, inesquecível!

Eu assisti ao filme “Roma” despretensiosamente há umas três semanas. Navegando pela Netflix, li a sinopse e me interessei pela história de Alfonso Cuarón. E eu realmente não sabia mais nada sobre ele, muito menos que ele já estava sendo chamado de a “obra-prima” do diretor de “Gravidade”, filme vencedor de sete categorias do Oscar…

‘A Vida em Si’: Posso confiar no narrador da minha própria vida?

Já parou pra pensar em como a nossa vida é ágil, mutável e, principalmente, conectada com a de outras pessoas? Vira e mexe, eu estou ali, parado e pensativo, refletindo sobre um fato, imaginando como seria se não tivesse acontecido isso, se aquilo não fosse impedido por aquilo outro ou se tudo tivesse sido de…

Pioneiro, único, lendário… o filme também!

Se você está aí de bobeira, procurando um filme para se emocionar no cinema, não perca mais tempo, não. “Bohemian Rhapsody”, do diretor Bryan Singer, que celebra a banda Queen e seu líder, Freddie Mercury, continua em cartaz e é o filme certeiro para você sair da sessão com um sorriso no rosto, com os…

Um mundo mágico pra se ver na tela grande

Sempre gostei muito de Harry Potter. Li todos os livros, assisti a todos os filmes, até repetidamente. Sou fã deste mundo mágico que a autora J.K. Rowling criou e que, desde 1997, continua nos trazendo novidades. A saga do bruxinho mais querido do mundo se finalizou há alguns anos, mas a obra irretocável da autora…

A luta pela igualdade ainda é a nossa realidade

Quando você escuta ou lê, nos dias de hoje, que um homem disse que uma mulher não merece ser estuprada porque ela é feia, ou que a mulher deveria receber um salário menor que o homem porque engravida, ou que elas são “mais fracas” que eles, você começa a desacreditar do mundo em que vive….