Um suspense de essência e aparência

Um suspense psicológico tem seu lugar, né? Não é à toa que, nos últimos meses, assisti a filmes como “Fragmentado” (2016) e “Corra!” (2017) e amei… Além, é claro, dos clássicos arrematadores nessa linha que  não saem nunca de nossa cabeça, como “Silêncio dos Inocentes” (1991), “O Sexto Sentido” (1999) e “Os Outros” (2001). Nesta…