‘O Retorno de Ben’: Aaah, se amor de mãe fosse reabilitação…

Uma mãe é capaz de tudo pelo filho. Isso todo mundo sabe. Mas quando o assunto é o envolvimento desse filho no mundo das drogas, tudo fica mais sofrido, aflitivo, desesperador. Porém, dificilmente uma mãe pula do barco. Encara de frente o problema e não vê a hora de essa dor insuportável findar. Esse tema,…

‘Capitã Marvel’: Uma super-heroína que ganhou meu coração

Toda vez que estreia um filme de super-heróis no cinema, eu falo a mesma coisa: “Não é o meu estilo preferido”. Mas eu acabo vendo todos (tá bom, nem todos… Não dá pra assistir “Homem Formiga e a Vespa”, por exemplo). A verdade é que eu sigo todas as histórias, seja da Marvel, da DC…

‘Carol’: Amor, essa doce inspiração

Um filme doce, sutil, delicado, sobre uma penetrante história de amor, nos finos anos 50 nova-iorquinos, que vai te fazer flutuar. Essa é a minha definição para “Carol”, do diretor Todd Haynes, indicado a seis categorias do Oscar 2016 e que está disponível na Netflix. A trama conta a história de Carol Aird (Cate Blanchett),…

‘Todos Já Sabem’: Família, segredos e mistérios, que combinação!

Não se assuste quando começar a ver “Todos Já Sabem”, filme do diretor iraniano Asghar Farhadi (ganhador de duas estatuetas do Oscar de melhor filme estrangeiro) e que continua em cartaz nos cinemas. São tantos personagens que são apresentados que você fica um pouco perdido. O trio Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín já…

‘Querido Menino’: Amor para preencher um buraco negro de dor

Ao terminar de ver “Querido Menino”, que estreia hoje nos cinemas da capital, não entendi por que o filme foi esnobado pelo Oscar 2019. O roteiro adaptado dos livros de David Sheff, “Beautiful Boy”, e Nic Sheff, “Cristal na Veia”, é preciso e profundo, as atuações dos atores são memoráveis e cativantes, a fotografia é…

‘Infiltrado na Klan’: Lugar de racista é em outra galáxia

Na semana passada, eu falei aqui, no Luiz, Câmera, Ação, sobre o meu preferido na categoria melhor filme do Oscar 2019: “Green Book: O Guia”. O longa tem uma temática bem direcionada de segregação racial – em que, na década de 60, um negro rico e talentoso contrata um sujeito branco e racista para trabalhar…

‘A Favorita’: O poder e o favoritismo feminino

Imagine uma rainha descontrolada, melosa, infeliz, emburrada, chorona e infantil. Quer mais adjetivos? Louca, trágica, medrosa, intensa, tola e agonizante. E ainda tem mais: insegura, escandalosa, histérica, carente e dramática. São essas as “qualidades” da rainha Anne, que reinou a Grã-Bretanha entre 1707 e 1714, durante as guerras da Inglaterra contra a França. Com um…

‘Roma’: Silencioso, simples, inocente, inesquecível!

Eu assisti ao filme “Roma” despretensiosamente há umas três semanas. Navegando pela Netflix, li a sinopse e me interessei pela história de Alfonso Cuarón. E eu realmente não sabia mais nada sobre ele, muito menos que ele já estava sendo chamado de a “obra-prima” do diretor de “Gravidade”, filme vencedor de sete categorias do Oscar…

‘A Vida em Si’: Posso confiar no narrador da minha própria vida?

Já parou pra pensar em como a nossa vida é ágil, mutável e, principalmente, conectada com a de outras pessoas? Vira e mexe, eu estou ali, parado e pensativo, refletindo sobre um fato, imaginando como seria se não tivesse acontecido isso, se aquilo não fosse impedido por aquilo outro ou se tudo tivesse sido de…

Pioneiro, único, lendário… o filme também!

Se você está aí de bobeira, procurando um filme para se emocionar no cinema, não perca mais tempo, não. “Bohemian Rhapsody”, do diretor Bryan Singer, que celebra a banda Queen e seu líder, Freddie Mercury, continua em cartaz e é o filme certeiro para você sair da sessão com um sorriso no rosto, com os…

Uma produção para tocar seu coração

Eu estava tão ansioso para a estreia de “Nasce uma Estrela” que foi Lady Gaga, a grande estrela do filme, cantar a primeira música no palco de uma boate de drag queens no inicinho do longa pra eu já cair no choro. Na verdade, eu só acompanhei o personagem de Bradley Cooper, que, naquele momento,…

A liberdade alcançável pela esperança interminável

Quanto vale sua liberdade? Acredito que nosso maior presente é ser livre, poder fazer o que quiser, a hora que quiser, poder ir, poder vir… não existe dádiva a ser comparada. Muitos que são presos por cometerem alguma transgressão devem se arrepender nas primeiras horas confinados, mas imagine então ser aprisionado por algum crime que…