Sonia Braga fatura prêmio Platino

aqurius_rep_01

Sônia Braga ganhou o prêmio Platino de melhor atriz por seu papel em “Aquarius”, em uma cerimônia realizada na noite de sábado, dia 22, em Madri, na Espanha. O longa argentino “El Ciudadano Ilustre” foi o grande vencedor do Prêmio Platino de Cinema Ibero-americano, com os prêmios de melhor filme, melhor ator, para Óscar Martínez, e melhor roteiro, para Andrés Duprat. Nos últimos prêmios Goya, considerados o Oscar do cinema espanhol, essa história sobre o regresso de um Nobel argentino de Literatura a sua pequena cidade natal também levou o prêmio de melhor filme ibero-americano.

Gastón Duprat, codiretor junto com Mariano Cohn e irmão de Andrés, lembrou que eles demoraram cinco anos para fazer o filme, e comemorou que este “tenha sido desfrutado por públicos de tantos países e tão diferentes”. A cerimônia foi celebrada no estádio da Caja Mágica e apresentada pela atriz uruguaia Natalia Oreiro e pelo comediante espanhol Carlos Latre. O filme de fantasia “Un Monstruo Viene a Verme”, do espanhol Juan Antonio Bayona, elogiado pelos seus efeitos especiais, ganhou quatro prêmios nas categorias técnicas, e Pedro Almodóvar recebeu o prêmio de melhor diretor por “Julieta”.

Sônia Braga, que recebeu o Prêmio de Honra na primeira edição do Platino, em 2014, foi reconhecida como a melhor atriz pelo seu papel de Clara em “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho. A atriz se mostrou tão firme no tapete vermelho como sua personagem no filme ao falar sobre o valor do cinema ibero-americano. “Temos que continuar produzindo e promovendo o cinema ibero-americano. A verdade é que se olharmos para o que acontece atualmente, entendemos. Há muita resistência, muito preconceito”, comentou a brasileira. Na opinião da atriz, tanto “Aquarius” como a personagem que ela interpreta no filme se transformaram em um símbolo de resistência.

img_0194

Outros premiados
O filme de Bayona, que tinha o maior número de indicações, em sete das 15 categorias, ficou com quatro prêmios: montagem, direção artística, fotografia e som. “Julieta” chegou com quatro indicações, e venceu em duas categorias: melhor música original, para Alberto Iglesias, e melhor diretor, para Almodóvar. “Neruda”, do chileno Pablo Larraín, indicações em quatro categorias, não ganhou nenhum prêmio. O Platino de Honra foi entregue ao norte-americano Edward James Olmos, conhecido como tenente Castillo na série “Miami Vice” e pioneiro latino na indústria dos EUA.

cms-image-000554037

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s